Conjunto de legumes
Rotulação: O mundo da fumagem e da aromatização

Ingredientes (4 pessoas)

  • 500g de vitela (cortada em pequenos cubos) 
  • 5 colheres de sopa de azeite
  • 1 alho francês
  • 2 dentes de alho
  • 1 cebola
  • 2 tomates maduros
  • 1/2 pimento vermelho
  • 1 limão preservado pequeno
  • 1 colher de café de ras el hanaut
  • 1 colher de café de tagine
  • 1 colher de café de gengibre em pó
  • 1 colher de café especiaria para paella e não só
  • 1 colher de café de harissa em pó
  • 1 colher de café de paprika doce
  • 200ml de polpa de tomate
  • 200ml de água
  • 1 colher de sopa de açúcar mascavado
  • flor de sal fumado picante Salviking q.b.
  • 250g de couscous grão médio

Preparação

Numa tagine ou numa panela anti-aderente em lume alto, adicione o azeite, o alho e a cebola picada, deixe refogar um pouco sem deixar de mexer.

De seguida adicione o alho francês às rodelas e o pimento picado em pequenos pedaços e deixe refogar mais uns 3 minutos. Adicione os tomates sem pele e cortados em pequenos cubos e o limão preservado (caso não tenha, ignore esta parte e regue com sumo de meio limão antes de servir) e deixe cozinhar mais uns 2/3 minutos.

Por cima coloque a carne, cortada em cubos e polvilhe com as especiarias a gosto e a flor de sal, deixe cozinhar uns 5 minutos e regue com a polpa de tomate e a água (até cobrir a carne), tape a tagine e deixe cozinhar pelo menos durante 1 hora em lume brando. A meio da cozedura, adicione o açúcar e mexa quando achar necessário.

Entretanto prepare o couscous, existem várias maneiras de o fazer. A vapor, ou simplesmente com água fria, como fiz desta vez.

Enquanto espera a carne ficar pronta, coloque o couscous numa tigela alta, com água até cobrir o couscous, adicione sal, um fio de azeite e deixei repousar até o couscous absorver toda a água por completo. O couscous vai ficar um pouco cru, caso necessário, volte a fazer o mesmo processo depois de mexer com um garfo para o soltar. Ou então uns 5 minutos antes de desligar a tagine, abra um buraco num dos lados e coloque o couscous dentro da tagine com a tampa fechada até desligar por completo.

A carne vai ficar tenrinha, e bem suculenta e o couscous vai absorver o perfume das especiarias, uma maravilha acreditem. Acompanhe com água aromatizada com maçã e menta fresca.

Vieira caramelizada com Flor de Sal Natura, salada de espargos verdes e maracujá roxo
Chef Rui Fernandes, Chef Executivo do Dolce Camporeal Lisbon...
Porquê Sal Viking?
Os Vikings e o sal de Portugal. Gastronomicamente falando, o que seria de Portugal sem o bacalhau?...